Tema de Redação traz à tona a questão da acessibilidade

jan 8, 2019

A proposta da dissertação era escrever uma carta para o fundador do Guiaderodas, descrevendo os benefícios que o app tem trazido para a sociedade.

Os temas de redação de exames mobilizam milhares de estudantes e fazem parte de um longo processo até sua definição. Para o ENEM, por exemplo, os temas tendem a ser analisados de 5 a 6 meses antes do dia do exame, e definidos ainda no terceiro trimestre. O método é sigiloso, mas sabe-se que as temáticas costumam ter um apelo social para que os candidatos apresentem uma solução que respeite os direitos humanos. Imigração e violência contra a mulher, são exemplos de assuntos que já foram utilizados. Assim, além de avaliar a qualidade da escrita do aluno são também praticados valores de cidadania.

“O Aluno tem de se portar como uma pessoa crítica e responsável, pensando na sua relação com o próximo”, afirma o professor de português e redação do Colégio João XXIII, de Porto Alegre, Rafael Garcia de Oliveira.

O exame de Certificação de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros, ou  Celpe-Bras, foi desenvolvido pelo Ministério da Educação brasileiro, e é aplicado no Brasil e em outros países com o apoio do Ministério das Relações Exteriores. É o único certificado de proficiência em português como língua estrangeira reconhecido oficialmente pelo governo do Brasil. Internacionalmente, é também aceito em empresas e instituições de ensino como comprovação de competência na língua portuguesa, além de ser exigido pelas universidades brasileiras para ingresso em cursos de graduação e em programas de pós-graduação, bem como para validação de diplomas de profissionais estrangeiros que pretendem trabalhar no país.

Nesta edição de 2018, que marca os 20 anos do Celpe-Bras, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira recebeu 7.448 inscrições e a aplicação foi realizada em 36 países.  As provas ocorreram em todas as regiões brasileiras e na África do Sul, Alemanha, Angola, Argentina, Áustria, Bolívia, Cabo Verde, Chile, China, Colômbia, Coreia do Sul, Costa Rica, El Salvador, Equador, Espanha, Estados Unidos, França, Guiana, Guiné Bissau, Itália, Japão, Líbano, México, Moçambique, Nicarágua, Nigéria, Paraguai, Peru, Polônia, Reino Unido, República Dominicana, São Tomé e Príncipe, Suíça, Suriname, Uruguai e Venezuela.

Um dos temas escolhidos para a redação, foi o Guiaderodas, iniciativa que usa a tecnologia para proporcionar uma vida mais autônoma e inclusiva principalmente para pessoas com deficiência. O aplicativo Guiaderodas, que serve para avaliar e consultar as acessibilidade dos locais, tem sido utilizado como guia para pessoas que tem alguma restrição de mobilidade.

A proposta da dissertação era escrever uma carta para o fundador Bruno Mahfuz, descrevendo os benefícios que o app tem trazido para a sociedade.

Ter temas de redação ligados a questões sociais vividas no Brasil e no mundo traz para a agenda do estudante a necessidade de discutí-los e encará-los como cidadãos conscientes.

Fonte:

http://dc.clicrbs.com.br/

Comentários:

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *