Comissão Europeia anuncia nova estratégia para os Direitos das Pessoas com Deficiência

Direitos das Pessoas com Deficiência

A Comissão Europeia acaba de lançar a Estratégia para os Direitos das Pessoas com Deficiência 2021-2030

Em meio a um momento mundial de incerteza, surge aquela boa notícia capaz de deixar o coração quentinho: a Comissão Europeia, órgão executivo da União Européia (UE) responsável pela apresentação de propostas legislativas e por garantir sua execução, acaba de lançar a Estratégia para os Direitos das Pessoas com Deficiência 2021-2030, documento que objetiva intensificar a ação da UE em prol de um mundo mais justo e igualitário para todas as pessoas, dentro e fora do bloco econômico.

A estratégia é baseada nos resultados obtidos em sua edição anterior, referente ao período entre 2010 e 2020, no qual foram tomadas as primeiras medidas no sentido de promover um ambiente inclusivo e acessível. Para a próxima década, o intuito é garantir que todas as pessoas com deficiência na Europa, independentemente de seu gênero, origem, religião, crença ou orientação sexual tenham:

  • Acesso aos direitos que lhes assistem;
  • Participação na vida social e econômica em condições de igualdade;
  • Condições de decidir onde, como e com quem vivem;
  • Livre circulação na União Europeia, independentemente de qual seja sua situação em termos de mobilidade;
  • Uma vida livre de discriminação e preconceito.

Nesse sentido, o apoio da vice-presidente do comitê de responsabilidade social do partido verde alemão e eurodeputada Katrin Langensiepen, única legisladora com deficiência aparente da União Europeia, foi fundamental para garantir o lançamento da Estratégia. Katrin sonhava em ser repórter televisiva quando era adolescente, mas foi impedida em função de ter uma deficiência:

“Eu sei por experiência própria quanta discriminação uma pessoa com deficiência enfrenta em momentos como o de encontrar um trabalho – trata-se de uma segregação nesse e em outros aspectos da vida que se inicia no momento em que uma pessoa nasce com deficiência, e isso nem sempre é percebido pelas demais pessoas. Por isso é tão importante que as medidas antidiscriminação da UE sejam reforçadas, e que possamos atuar no sentido de incentivar seus países membros a tomarem medidas capazes de mudar as vidas dessas pessoas em todos os seus aspectos”

Katrin, em um discurso no qual explica a importância da Estratégia para os Direitos das Pessoas com Deficiência.

Hoje, como deputada de um dos blocos econômicos mais poderosos do mundo, ela nutre o propósito de permitir que outras milhares de pessoas com deficiência sejam capazes de realizarem seus sonhos. 

Para conferir o documento na íntegra em português, basta clicar aqui e selecionar a opção ‘descarregar’. 


Renata Schmidt

Renata Schmidt 
Relações Públicas e jornalista. Acredita que todo mundo tem uma história que vale a pena ser contada.

Redes Sociais

Entre em Contato