fbpx
Conheça algumas soluções inclusivas para prédios comerciais

Conheça algumas soluções inclusivas para prédios comerciais

Espaços com soluções inclusivas pensados para atender pessoas com deficiência são espaços que atendem melhor todas as pessoas! 

Se você mora em uma grande cidade e possui alguma deficiência física que interfere na sua mobilidade, muito provavelmente já passou por uma série de perrengues no clássico processo de entrar em um prédio comercial para uma reunião ou entrevista de emprego e não encontrar soluções inclusivas como: a aventura começa no balcão da recepção, literalmente passa pelas catracas e a fila do elevador e termina com aquela torcida interior fervorosa para o caminho que leva à sala de reuniões não passar por um labirinto de baias – como se já não bastasse a tensão potencial da reunião que está para acontecer, não é mesmo? 

Bom, se pararmos para pensar que, de acordo com o Censo Demográfico de 2020, só no Estado de São Paulo, 96% das pessoas com deficiência vivem em regiões metropolitanas – faz completo sentido que as empresas e administradoras de prédios comerciais pensem em soluções capazes de oferecer praticidade, conforto e segurança para esses públicos. Afinal, espaços pensados para atender pessoas com deficiência são espaços que atendem melhor todas as pessoas! 

Tendo em vista essa demanda, que se intensificou no contexto da pandemia, uma vez que somadas às medidas de acessibilidade temos às de controle de circulação de pessoas dentro dos edifícios comerciais, selecionamos algumas tendências de soluções inclusivas em prédios comerciais que, em conjunto, prometem deixar o dia a dia mais fácil e seguro para todos: 

Medição de Temperatura por reconhecimento facial

soluções inclusivas - medição de temperatura

Parece coisa de filme de ficção científica: chegar em um ambiente, olhar para uma tela e ter suas informações imediatamente capturadas por um pequeno computador. Pois bem, essa tecnologia já existe! Trata-se de uma câmera que utiliza a tecnologia de reconhecimento facial combinada com detecção de temperatura infravermelha de alta resolução, capaz de fazer uma medição precisa da temperatura corporal de forma rápida e sem nenhum tipo de contato. Essa tecnologia é totalmente integrada a uma plataforma digital, permitindo sua integração com diversos softwares diferentes. O futuro realmente chegou!

Créditos da imagem: Let’s work

Piso Tátil

soluções inclusivas - piso tatil

Esse recurso oferece proteção e orientação complementares para pessoas com deficiência visual ou que possuam dificuldade de locomoção decorrente de doenças como o Parkinson, por exemplo – cujo comprometimento requeira o acréscimo de informações fornecido pela textura do piso. São dois os tipos: de Alerta, criado para alertar para a existência de algum obstáculo ou desnível, e Direcional, desenvolvido para orientar o sentido do deslocamento das pessoas. 

Créditos da imagem: foter.com

Dispenser automático de álcool em gel

soluções inclusivas - alcool gel

Essencial em tempos de pandemia, o dispenser armazena e libera, através de um sensor que detecta proximidade, o álcool líquido ou em gel de forma automática, sem necessidade de toque. Em ordem de garantir que essa solução seja acessível, vale investir em dispensers que liberem o produto em sua base, em vez de à frente da estrutura, além de instalar o aparelho em uma altura de fácil acesso para pessoas que se locomovem em cadeiras de rodas – idealmente a uma distância do piso que varia entre 90 cm e 1 metro. 

Créditos da imagem: bmworks

Balcão e elevador adaptados 

soluções inclusivas - elevador

A altura ideal de balcão para o atendimento de pessoas em cadeiras de rodas varia entre 75 e 85 cm, assegurando sob o balcão uma altura livre de 73cm e uma largura mínima de 80cm, além de 30cm de profundidade para pemitir que a pessoa em cadeira de rodas avance sob a área de atendimento. Além disso, o caminho do balcão até as catracas e elevadores deve ser amplo e desobstruído (falaremos sobre as catracas mais adiante). 

Já em relação aos elevadores, a altura da linha de centro do botão mais baixo e do botão mais alto deve variar entre 90cm e 1,30m, em relação ao piso acabado. No Brasil, as medidas mínimas de um elevador acessível são de 1,40m de profundidade por 1,10m de largura. As proporções ideais, entretanto, são de 2,20m de profundidade por 1,20m de largura, já que permitem a ocupação de várias cadeiras de rodas, várias pessoas em pé e até mesmo uma maca. As portas devem ter no mínimo 80 cm de largura, mas esta medida varia conforme a dimensão da cabine. Sendo assim, em uma cabine com dimensões ideais, a largura mínima da porta passa a ser 1,10m.

Créditos da imagem: ninachildish

Catraca Universal

soluções inclusivas - catraca universal

Além de ter ao menos 90cm de largura, permitindo a passagem de uma cadeira de rodas, as catracas acessíveis devem possuir um sistema de aletas automáticas retráteis, o que ajuda (e muito!) o trânsito de pessoas com comprometimento da mobilidade. Há também as barreiras virtuais que utilizam, dentre outras tecnologias, a radiofrequência para fazer o controle de acesso, dispensando a necessidade de barreiras físicas.

Créditos da Imagem: Guiaderodas

Sinais sonoros para vagas PCD

vagas de estacionamento pcd

De acordo com a Lei Brasileira de Inclusão, 2% de todas as vagas de estacionamento de cada cidade são reservadas para pessoas com deficiência, e outros 5% são destinados para idosos. Tendo isso em mente, alguns empreendimentos comerciais – em especial os shopping centers da cidade de São Paulo – instalam sensores de movimento que emitem avisos luminosos e/ ou sonoros que alertam para o fato de a vaga em questão ser de uso exclusivo de pessoas com deficiência.

Créditos da imagem: willbuckner

Como posso ter um empreendimento acessível? 

Já imaginou poder contar com um serviço de consultoria capaz de fornecer todas as dicas e diretrizes para tornar a sede de sua empresa ou seu empreendimento imobiliário top de linha quando se fala em acessibilidade? E se eu te dissesse que esse serviço já existe? 

Certificação Guiaderodas

A equipe do Guiaderodas desenvolveu seu próprio programa de certificação,  criado para tratar acessibilidade como um organismo vivo, incorporando elementos técnicos, soluções inclusivas, os fatores humanos e as experiências reais de pessoas com deficiência nesse processo. O resultado é o oferecimento de uma metodologia única no mercado, capaz de atender todos os tipos de necessidades empresariais.

Quer saber mais? Você pode saber mais sobre esse serviço clicando aqui, ou mesmo falando conosco pelo email contato@guiaderodas.com. Teremos o maior prazer te passar todos os detalhes!


Renata Schmidt

Renata Schmidt 
Relações Públicas e jornalista. Acredita que todo mundo tem uma história que vale a pena ser contada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

);

Quer receber novidades
de como a acessibilidade
está transformando o mundo?

Seu cadastro foi efetuado com sucesso.

There was an error while trying to send your request. Please try again.

Guiaderodas will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.