Disney cria show de fogos de artifício acessível

Disney cria show de fogos de artifício acessível

Ainda sem data oficial de lançamento, a iniciativa voltada para pessoas com deficiência visual simula as explosões de uma das apresentações pirotécnicas mais conhecidas no mundo

Um dos espetáculos mais famosos dos parques da Terra da Magia poderá ser visto, ou melhor, sentido por visitantes cegos. Desenvolvido pela Disney Research, o projeto permite que pessoas com deficiência visual interajam de forma independente com um dispositivo tátil e sintam, literalmente, o show de fogos de artifício que encanta milhões de pessoas a cada ano.

A iniciativa, batizada de Feeling Fireworks (“Sentindo fogos de artifício”, em tradução livre), ainda não tem data oficial de lançamento. Ela cria efeitos táteis por meio de pequenos jatos de água direcionais, que são pulverizados em uma tela flexível, simulando as explosões características de uma apresentação pirotécnica. 

Além de o projeto ser extremamente barato e escalável, estudos internos comprovaram que os efeitos psicológicos nos visitantes foram similares tanto para quem teve contato visual com os fogos de artifício quanto para aqueles que viveram a experiência por meio do tato.  

Acessibilidade na Disney

Conhecida mundialmente por investir bastante na experiência de seus clientes, a Disney apresenta diversas iniciativas para que pessoas com deficiência possam aproveitar ao máximo, com segurança e tranquilidade, a magia de seus parques temáticos.  

Os visitantes têm à disposição o Guidebook for Guests with Disabilities (“Guia para Visitantes com Deficiência”, em tradução livre), que é um folheto oferecido na Central de Apoio ao Visitante, ou Guest Relations, logo na entrada principal dos parques. O material contém informações detalhadas sobre acessibilidade em banheiros, estacionamento, transportes, atrações, entre outros serviços.

Para quem deseja se hospedar no Walt Disney World Resort, há diversas opções de acomodações acessíveis para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, incluindo a oferta de aluguel de cadeiras de rodas e veículos elétricos de conveniência (ECVs) e o acesso especial às atrações. 

O DAS – Disability Access Service (“Serviço de acesso para pessoas com deficiência”, em tradução livre) é outro serviço que tem o objetivo de tornar a experiência do cliente mais prazerosa. Ele é oferecido aos visitantes que apresentam dificuldade em esperar na fila, por conta de limitações específicas.

Saiba mais sobre como funciona o DAS e quem tem direito a ele.

Além disso, todos os parques permitem a entrada de cães-guia, mas eles são proibidos em algumas atrações, como a montanha-russa, por exemplo. Na Disney, os visitantes também encontram dispositivos de audiodescrição, mapas e guias em braile, interpretação em língua de sinais e sistemas de escuta assistiva.

Para ficar por dentro de outras iniciativas de acessibilidade no Brasil e no mundo, siga a página do Guiaderodas no Instagram!


Carina Melazzi

Carina Melazzi
Jornalista e produtora de conteúdo. Gosta de contar histórias e é apaixonada por viagens, montanhas e mar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

);

Quer receber novidades
de como a acessibilidade
está transformando o mundo?

Seu cadastro foi efetuado com sucesso.

There was an error while trying to send your request. Please try again.

Guiaderodas will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.