fbpx
Os jovens e as políticas de ESG nas empresas

Os jovens e as políticas de ESG nas empresas

Jovens mostram maior atenção à existência de políticas de ESG nas empresas ao entrarem no mercado de trabalho

A pesquisa “Construindo Nosso Futuro” conduzida pela Eureca em parceria com o Davos Lab e o Global Shapers e ligada ao Fórum Econômico Mundial entrevistou 1.100 jovens inseridos no mercado de trabalho. O objetivo do estudo era explorar a preocupação existente entre os jovens brasileiros em relação às políticas de ESG nas empresas, além de ser importante para proporcionar o espaço de fala adequado aos jovens e direcionar o atendimento às demandas apontadas por eles, de acordo com a CEO da Eureca, Carolina Utimura. 

O que são as políticas de ESG?

ESG é a sigla vinda do inglês para “Environmental, Social and Corporate Governance”, em tradução livre para o português: “Ambiental, social e governança corporativa”, e refere-se a um conjunto de padrões de boas práticas que visam definir se a operação de uma empresa é socialmente consciente, sustentável e corretamente gerenciada. Ou seja, faz referência às melhores práticas ambientais, sociais e de governança de um negócio, se a empresa em questão baseia as suas ações nesses três pilares.

A sigla ESG apareceu, inicialmente, em um relatório de 2005 chamado “Who Cares Wins” (em tradução livre: “Ganha quem se importa”), resultado de uma ação dirigida pela ONU – Organização das Nações Unidas. A partir desse relatório, que incluiu diversas corporações financeiras de nove países diferentes, pode-se concluir que a incorporação desses três fatores: ambiental, social e governança, resultava em mercados mais sustentáveis e em resultados mais satisfatórios para a sociedade.

Dentro das políticas de ESG estão incluídas, por exemplo, as políticas de diversidade, as referentes ao posicionamento da empresa perante as mudanças climáticas, as de inclusão e equidade dentro da corporação e as de boas práticas de governança, ética e integridade nas relações tanto entre os funcionários, quanto com clientes, fornecedores e investidores da empresa.

A preocupação da nova geração com as políticas ESG

Dentre os 1.100 jovens entrevistados pela pesquisa “Construindo Nosso Futuro”, 84,95% afirmaram que as empresas, sejam elas privadas ou públicas, devem se posicionar perante às políticas ESG e assumirem responsabilidade nos três setores abordados por essas políticas: ambiental, social e governança.

Além dos diversos dados que apontam a importância que os jovens dão para ações que protejam o meio ambiente e empresas conscientes socialmente, dados relevantes levantados por esse estudo, em relação mais direta à acessibilidade e inclusão são: 21,55% dos jovens entrevistados têm intenção de fazer parte de um negócio de impacto social, outros 19,63% afirmaram ter interesse em se tornar voluntários para trabalhar em ONGs (organizações sem fins lucrativos). Estatísticas como essas mostram a grande mudança de pensamento que ocorreu com o passar do tempo, e o decorrer das gerações, uma vez que questões como acessibilidade e inclusão, e preocupação com o bem-estar do meio ambiente quase não eram mencionadas por grandes empresas e negócios no passado. 

A evidente preocupação dos jovens brasileiros no mercado de trabalho com a existência e presença das políticas ESG nas empresas mostra que, como nação, estamos caminhando na direção certa para elevar a exigência de aspectos como a responsabilidade ambiental e a inclusão de pessoas com deficiências no ambiente de trabalho, sabendo que a nova geração de profissionais, futuros responsáveis pelas empresas, abarcam ideias e políticas como essas. 

De acordo com a própria Carolina Utimura, CEO da Eureca, é a nova geração que tem mostrado, através de seus valores e preocupações, a importância e durabilidade das políticas ESG nas empresas: “(…) Se ainda há dúvidas que o ESG é um movimento duradouro ou não, os jovens nos trazem que seus valores nos levarão ao caminho de um progresso responsável com as comunidades”.

E você, já conhecia as políticas ESG? Então manda essa matéria para aquele amigo que gosta de fazer a diferença!

Para ficar por dentro de outras iniciativas de acessibilidade no Brasil, siga a página do Guiaderodas no Instagram e em nosso Blog!


Giovanna Naddeo

Giovanna Naddeo 

Escritora, professora e tradutora formada em Letras pela UNICAMP. Apaixonada por viagens, bordados e animais. Acredita que um mundo melhor se faz com pessoas que se incentivam.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

);

Quer receber novidades
de como a acessibilidade
está transformando o mundo?

Seu cadastro foi efetuado com sucesso.

There was an error while trying to send your request. Please try again.

Guiaderodas will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.