Voluntariado Digital

mar 20, 2019

81% dos usuários que avaliam no app Guiaderodas não tem deficiência. Esse número nos enche de orgulho, pois indica que estamos cumprindo a missão de conscientizar a sociedade

O voluntariado sempre existiu no mundo motivado pelo senso de comunidade, por querer ver teorias se transformarem em ações reais e pelo desejo de dar uma contribuição, mesmo que por vezes, essa contribuição pareça apenas uma gota no oceano.

Para Mark Snyde, professor e pesquisador do Centro de Estudos do Indivíduo e da Sociedade, da Universidade de Minnesota, nos Estados Unidos, muitos caminhos levam ao voluntariado:

Para algumas pessoas, é uma preocupação por uma causa que tenha tocado suas vidas, como uma doença na família. Para outras, é uma preocupação com um assunto que afeta suas comunidades, como a pobreza, o meio ambiente ou a sociedade como um todo. Em todos os casos, os voluntários buscam fazer o bem para melhorar a vida dos outros, para trabalhar por um objetivo comum e para fazer do mundo um lugar melhor.

Um estudo do Datafolha, divulgado pela Fundação Itaú Social, mostra que mais de 16 milhões de pessoas, em todo o Brasil, dedicam um tempo extra para desenvolver alguma atividade altruísta. Um número três vezes maior são pessoas que alegam já ter realizado em algum momento uma atividade não-remunerada para estender a mão a quem mais precisa.

Grande parte das pessoas que deixam de atuar como voluntárias alegam terem rotinas frenéticas e total falta de tempo. Essa realidade, somada à conectividade, torna o voluntariado digital não mais uma tendência, mas sim uma realidade que não para de crescer e impactar a sociedade. Nesse tipo de trabalho, os voluntários executam as tarefas à distância, utilizando recursos básicos, como computador e internet. Pode, portanto, ser realizado tanto no local de trabalho como em casa, usando o celular ou qualquer outro dispositivo com conexão à internet.

Voluntariado no Mundo

A ONU tem um programa de voluntariado online com o objetivo de contribuir para a paz e o desenvolvimento do mundo. Esse programa permite que organizações e voluntários se unam para enfrentar os desafios do desenvolvimento sustentável em qualquer lugar do mundo, a partir de qualquer dispositivo.

Veja o impacto social do programa United Nation Volunteers (UNV):

  • 12 mil voluntários por ano
  • 60% são pessoas de países em desenvolvimento
  • 187 países engajados nesse tipo de voluntariado
  • 94% de satisfação das organizações e voluntários

O trabalho voluntário digital, utilizando principalmente smartphones, por causa da mobilidade, veio resolver problemas antes inimagináveis. Ser um voluntário digital significa estar conectado com as pessoas, ganhar força no papel de cidadão, podendo fazer a diferença em um clique.

“81,5% dos usuários que avaliam no app Guiaderodas não tem deficiência. Esse número nos enche de orgulho, pois indica que estamos cumprindo a missão de conscientizar a sociedade”, ressalta Bruno Mahfuz, fundador do App Guiaderodas.

Confira outras formas de voluntariado digital no vídeo

O voluntariado digital não substitui o presencial, eles podem coexistir. Dar vazão ao senso de comunidade pode parecer apenas uma gota no oceano, mas a sua gota pode ser aquela que faltava para gerar uma grande mudança. Fontes: Voluntariado Empresarial Fundação Telefônica Época
  • Acessibilidade
  • Adaptações
  • Agências de Emprego
  • Animais Treinados
  • Aparelhos Auditivos
  • Aparelhos e Equipamentos Especiais
  • Avaliação Física
  • Bancos e Instituições Financeiras
  • Cadeiras de Rodas
  • Departamentos de RH
  • Distribuidores de Produtos
  • Educação, Aprendizado e Treinamento
  • Entidades Públicas e Privadas
  • Equipamentos Hospitalares
  • Esportes Adaptados
  • Fisioterapia e Terapia Ocupacional
  • Hidroterapia
  • Higiene Pessoal
  • Home Care
  • Indústria Farmacêutica
  • Informática
  • Livros e Publicações
  • Produtos Ortopédicos
  • Próteses e Órteses
  • Terapias Alternativas
  • Test-drive de Cadeiras de rodas Motorizadas
  • Turismo e Lazer

Reackathon 2019

Duração:

  • 32 horas
  • 1ª Etapa – a partir das 18h do dia 14/06/19
  • 2ª Etapa – a partir do dia 15/06/19, às 08h até o dia 16/06/19 às 16h

O que é?
Um grande evento para estimular o desenvolvimento de soluções tecnológicas, bem como fomentar iniciativas inovadoras que promovam a autonomia, independência, qualidade de vida e inclusão social de pessoas com deficiência e mobilidade reduzida, e em prol da melhoria de políticas públicas para o bem-estar da sociedade.
As soluções criadas deverão observar o tema “Tecnologia Assistiva para Pessoas com Deficiência e Mobilidade Reduzida”.

Como é a experiência?
O espírito do Reackathon poderá ser descrito pela celebre frase “work hard, play hard”. Isso porque o evento será marcado por longas horas de trabalho duro com intervalos para descompressão.
Para participar, as equipes deverão apresentar soluções que consistam em serviços no formato de sistema web (internet), dispositivos eletrônicos vestíveis (“wearables”), equipamentos de uso pessoal (“gadgets”) e/ou aplicativos para smartphones e tablets com soluções que se enquadrarem nas áreas de interesse da Saúde, envolvendo, mas não se limitando a: prevenção de doenças, cuidados básicos, diagnóstico, acompanhamento e monitoramento individualizado, processamento de dados (“big data”) e análises estatísticas, gestão e otimização de frota, gestão hospitalar, gestão de prontuário médico, mapeamento de enfermidades, gestão de jornadas e alocação de profissionais, entre outros. Em especial, os seguintes elementos serão observados na avaliação das Soluções Participantes:

Experiência Digital: As soluções devem participar de forma relevante na vida dos envolvidos, através da interação digital;

Novos Produtos e Serviços: As soluções devem remodelar, evoluir ou criar produtos e serviços que atendam às necessidades no ramo da saúde desde que focado para a Pessoa com Deficiência Física, Auditiva, Visual, Mental e Múltipla;

Otimização: As soluções devem suplementar os conhecimentos dos cidadãos através de novas soluções.

Como participar?
Para participar, basta se inscrever no formulário online a partir das 00h00 do dia 15/04/19 até às 23h59 do dia 02/06/19.
Fique atento! No dia 07/06/19 até as 23:59, será publicada na Fanpage do evento no Facebook a lista final dos participantes, além de ser enviado um e-mail de confirmação para cada um.
Confira o Regulamento do Reackathon.
A participação no evento é totalmente gratuita aos participantes!
CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE

Comentários:

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *