fbpx
Bose lança aparelho auditivo que dispensa prescrição médica

Bose lança aparelho auditivo que dispensa prescrição médica

O aparelho auditivo da Bose é o primeiro do mercado que dispensa prescrição e acompanhamento médico para o uso

Recentemente a Bose anunciou os wearables Sound Control, aparelhos auditivos aprovados pela Federal Drug Administration (FDA), órgão governamental dos Estados Unidos que faz o controle dos alimentos, cosméticos, equipamentos médicos, medicamentos, materiais biológicos de origem humana ou animal.

O aparelho auditivo é o primeiro criado para venda direta, ou seja, dispensa a prescrição médica para aquisição. A criação visa atingir pessoas com perda auditiva pequena ou média sem a necessidade de acompanhamento de um profissional de saúde.

“Apenas nos EUA, aproximadamente 48 milhões de pessoas sofrem com algum grau de perda auditiva que interfere em suas vidas. Mas o custo e a complexidade do tratamento se tornaram grandes barreiras para conseguir ajuda”, disse Brian Maguire, diretor de categoria da Bose Hear. 

O Bose SoundControl pesa 3 gramas, vem acompanhado de oito baterias e possui duração de 4 dias para usuários que utilizam o aparelho auditivo por cerca de 14 horas diariamente, segundo a fabricante. 

A estrutura do aparelho auditivo é resistente ao sol e água e possui microfones, porém não reproduz música ou atende ligações. O formato é semelhante aos aparelhos auditivos convencionais, com um receptor atrás da orelha e pontas que ficam no canal auricular. 

É possível, por meio do aplicativo Bose Hear, disponibilizado nas lojas de sistemas Android e IOS, utilizar a função Custom Tune, personalizar os tons, graves, médios, agudos e volume. O aparelho auditivo utiliza conexões Bluetooth para se comunicar com o smartphone.

Há ainda um recurso que auxilia o usuário a manter a concentração. A funcionalidade conta com as configurações para “Frente”, que filtra os sons de fundo no local e o filtro “Todo Lugar”, para que o usuário ouça todos os sons ao redor quando estiver na rua ou em casa.

O lançamento já está à venda nos Estados Unidos por US$ 849,95. A novidade marca a entrada da Bose no mercado de aparelhos auditivos, expandindo seu portfólio além dos fones de ouvido.

Tipos de aparelhos auditivos

No mercado estão à venda quatro tipos de aparelhos auditivos que variam de potência, formato, material e podem chamar mais ou menos atenção, serem focados em graus de dificuldade específicos ou abrangentes.

São eles: os de Microcanal (CIC), pequenos e discretos, são ideais para quem tem o canal auditivo largo, atendendo pessoas com perda leve a moderada; O Intracanal (ITC), também discreto, fica alocado no canal auditivo e atende desde a perda auditiva leve a moderadamente severa. O modelo também é pouco perceptível, devido ao seu tamanho diminuto; Há ainda o formato Retroauricular (BTE), que transmite o som através de um molde ou tubo fino com sonda. Ele fica na parte de trás da orelha e sua potência varia de acordo com seu tamanho, quanto maior, mais potente, atendendo desde os casos leves aos mais severos; Por último, o Receptor no Canal (RIC) aloca seus receptores dentro do canal auditivo, tornando-o menor que o modelo anterior, mas mantendo a potência. Este, por ter diferentes potências, pode atender a todos os graus de perda auditiva.

Para ficar por dentro de outras iniciativas de acessibilidade no Brasil, siga a página do Guiaderodas no Instagram e em nosso Blog!


Felipe Lima

Jornalista formado pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM) e redator web desde 2017, especializado em SEO pela Comschool. Profissional que acredita no poder das palavras e na transmissão de histórias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

);

Quer receber novidades
de como a acessibilidade
está transformando o mundo?

Seu cadastro foi efetuado com sucesso.

There was an error while trying to send your request. Please try again.

Guiaderodas will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.