CasaCor: Lugares com acessibilidade também podem ser bonitos

jun 28, 2019

À convite da Leroy Merlin, o Guiaderodas esteve presente na 33ª edição da CasaCor para falar de acessibilidade

É comum pensar que os itens de acessibilidade dentro de um ambiente “estragam” a beleza do espaço. Na hotelaria, muitos hóspedes não querem se hospedar em quartos adaptados para pessoas com deficiência por considerarem “feios” ou que remetem a um ambiente hospitalar. Em prédios comerciais de alto padrão, alguns profissionais sentem pesar ao instalar o piso tátil no hall de entrada. Além disso, como acessibilidade pressupõe espaço, elementos decorativos como vasos e mobiliários localizados em áreas de circulação impedem a passagem de pessoas com restrição de mobilidade.

Situações como essas, foram abordadas por Bruno e Bianca Mahfuz, fundadores do Guiaderodas, que à convite da Leroy Merlin, estiveram presentes na 33ª edição da CasaCor, o maior evento de arquitetura, design de interiores e paisagismo da America Latina.

Na foto: Bianca e Bruno, fundadores do Guiaderodas e equipe da Leroy Merlin na CasaCor

O Guiaderodas é a maior plataforma dedicada a consulta e avaliação de acessibilidade. O app, premiado pela ONU e presente em mais de 100 países, é colaborativo e conta com a opinião do próprio usuário.

“Adorei o quarto. Acessível e bonito”, resenha de usuário sobre o Hotel Hilton Barra no Rio de Janeiro.

Cadeirantes, pessoas idosas ou que tenham qualquer dificuldade de locomoção precisam que suas casas e locais de trabalho sejam funcionais. Algumas dicas de como tornar o ambiente acessível podem ser conferidas no canal Casa de Verdade da Leroy.

“Se a acessibilidade for vista apenas como um cumprimento de norma, a funcionalidade e beleza dos ambientes ficarão sempre a desejar, diz Bruno.”

O evento contou com a presença de visitantes, arquitetos, engenheiros e formadores de opinião.

CASACOR São Paulo aberta de 28 de maio a 4 de agosto de 2019 no Jockey Club de São Paulo.