fbpx
Desenho universal vira disciplina obrigatória nos cursos de arquitetura

Desenho universal vira disciplina obrigatória nos cursos de arquitetura

Determinação prepara estudantes para atuação com projetos que possam ser utilizados por todas as pessoas

Quando atribuímos o adjetivo universal a alguma coisa, estamos dizendo que aquilo se estende a tudo e a todos. O desenho universal, portanto, cumpre justamente esse propósito: são produtos, serviços e ambientes projetados para serem utilizados por todas as pessoas. E aqui no Brasil, agora, o conceito faz parte do currículo obrigatório dos cursos de arquitetura.

A determinação do Conselho Nacional de Educação já está valendo e ainda recomenda que o desenho universal não seja uma disciplina isolada, mas que integre outras, contribuindo para a qualificação do futuro profissional. O propósito é que os estudantes se preparem para desenvolver projetos que possam ser utilizados da maneira mais independente e natural possível, no maior número de situações. 

Bom pra todo mundo

O arquiteto Ronald Mace foi o criador do “universal design”, em 1989. Ele, que usava cadeira de rodas, foi um dos primeiros da profissão a levantar a bandeira sobre a importância da acessibilidade e da adaptabilidade nos projetos de arquitetura e design.

Felizmente, suas palavras têm ecoado pelo mundo e todos os brasileiros que quiserem seguir a profissão de Mace irão aprendê-las. Mas o consumidor, também, deve estar atento. Antes de adquirir um imóvel, por exemplo, pense na sua habitabilidade. Um exercício simples: a casa que você mora hoje poderia ser facilmente adaptada caso um dos moradores passasse a usar uma cadeira de rodas? Se a resposta é sim, ponto para o arquiteto que a projetou (que muito provavelmente levou o desenho universal em conta!), mas, em caso negativo, fica a reflexão sobre a importância desse conceito.

Soluções práticas de desenho universal na arquitetura

Aqui no blog Ideia Boa já apresentamos os 7 princípios do desenho universal, que vão do uso equitativo e intuitivo ao baixo esforço físico. Entre os exemplos práticos mais clássicos estão as maçanetas das portas. Para quem tem a mobilidade das mãos em perfeitas condições e não costuma fazer uso de objetos para se locomover (como bengalas), é difícil sentir a diferença entre uma maçaneta redonda daquelas do tipo alavanca. Mas quem tem força limitada sabe: é a segunda opção a melhor, pois permite a abertura da porta usando o cotovelo ou o punho, por exemplo – o que não é possível no primeiro caso.

Outra situação corriqueira que prova a importância do estudo do desenho universal pelos profissionais de arquitetura é a disposição das tomadas. Com o uso de equipamentos eletrônicos praticamente o dia todo, o uso de tomadas é constante. Mas você já reparou em que altura elas ficam na sua casa? Segundo a norma NBR 5410 da ABNT, as tomadas baixas devem ser instaladas a partir de 30 cm do chão. Esse mínimo parece adequado – até que surja uma dificuldade para se abaixar. É por isso que os projetos adaptáveis trabalham com uma distância de 45 cm do chão.

Mãos à obra

Ficou interessado em saber mais sobre o desenho universal na arquitetura? Então confira a seção de Arquitetura aqui do blog, que está recheada de conteúdos sobre inclusão e acessibilidade em espaços e projetos. E vá pela máxima: encontrar uma solução específica para atender uma pessoa não é incluir. Lembra do conceito de universalidade mencionado no início deste texto? Pois bem, “se um lugar não oferece acesso a todas as pessoas, então é um lugar deficiente”, já diria a arquiteta Thaís Frota.

desenho universal o que e acessibilidade

Saiba mais sobre Desenho Universal


Luciana Faria

Luciana Faria
Escolheu o jornalismo para fazer da paixão por contar histórias sua profissão. Há mais de uma década no mercado editorial e poeta desde a infância, acredita que a palavra também pode transformar as pessoas e mudar o mundo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

);

Quer receber novidades
de como a acessibilidade
está transformando o mundo?

Seu cadastro foi efetuado com sucesso.

There was an error while trying to send your request. Please try again.

Guiaderodas will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.