Ortopedia Jaguaribe apoia a causa do Guiaderodas

ago 12, 2019

A Ortopedia Jaguaribe que está no mercado há quase 40 anos e hoje é a maior fabricante de Cadeiras de Rodas da América do Sul incentiva os usuários do seu produto a utilizarem o App Guiaderodas

Seja por um evento provisório ou permanente, escolher uma cadeira de rodas é uma decisão muito importante para quem tem restrição de mobilidade. A escolha do modelo, da altura, dos pneus, do material, da resistência, são fatores que impactam a vida de milhares de pessoas com dificuldade de locomoção.

O cadeirante, na hora de realizar a compra tem que pensar em uma série de situações do seu dia a dia:

  • A cadeira cabe no porta malas do carro?
  • Passa na porta do meu banheiro?
  • Entra embaixo da mesa da minha escola?
  • Meu acompanhante aguenta carregar o peso dela?
  • Eu posso usá-la nas ruas ou só em ambientes fechados?
  • E se quebrar alguma peça?
  • Se for motorizada, quanto tempo dura a bateria? Ela é confortável?

Outra decisão importante é saber onde ir. Nem todos os lugares tem boas condições de acessibilidade para receber pessoas com cadeira de rodas. E muitas vezes, uma simples saída de casa pode ter um gosto amargo se não for feito um planejamento ao traçar seus destinos.

A Ortopedia Jaguaribe, que está no mercado há quase 40 anos e hoje é a maior fabricante de Cadeiras de Rodas da América do Sul, em benefício de uma sociedade mais acessível, assumiu o compromisso de incentivar todos os usuários de seu produto a baixarem o App Guiaderodas, orientando Pessoas com Deficiência sobre seu uso.

“Acreditamos no potencial e no crescimento do Aplicativo, que movimenta, através da opinião pública e participação ativa de seus usuários, a positiva adequação de estabelecimentos a realidade de um mundo mais inclusivo e acessível”, diz Mara Servan que está à frente da empresa.

O App Guiaderodas é gratuito, colaborativo e funciona através de geolocalização. Através de uma avaliação simplificada (verde é acessível, amarelo é parcialmente acessível, vermelho inacessível) permite que qualquer pessoa avalie e consulte as condições de acessibilidade dos mais diferentes locais em apenas 30 segundos.

“O voluntariado digital tem facilitado bastante as pessoas que querem de alguma forma colaborar para um mundo mais acessível”, diz Bruno Mahfuz, fundador do Guiaderodas e cadeirante desde os 17 anos.

Comentários:

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *