6 livros sobre deficiência que você deveria ler 

6 livros sobre deficiência que você deveria ler 

As obras contam histórias que servem de inspiração para pessoas com e sem deficiência

O livro é um importante instrumento social e cultural, que transporta os leitores para diferentes universos, realidades e experiências. As histórias reveladas em cada página podem despertar sentimentos diversos e servir de inspiração para muitas pessoas, como é o caso dos livros sobre deficiência.

Para ajudar você a mergulhar no universo da inclusão, neste artigo separamos seis opções de livros sobre deficiência, com histórias surpreendentes que podem incentivar qualquer tipo de pessoa a enfrentar as adversidades presentes na vida. Boa leitura!

Feliz Ano Velho

Considerado uma referência na literatura brasileira contemporânea, o livro Feliz Ano Velho é a primeira obra do autor Marcelo Rubens Paiva. Ele conta em primeira pessoa como um mergulho em uma lagoa a poucos dias do Natal de 1979 mudou para sempre a sua vida, aos 20 anos. Ao mesmo tempo em que Marcelo traz detalhes da sua experiência como tetraplégico, ele enriquece sua narrativa com a descrição de momentos que marcaram a história do Brasil. 

Despertar para ser. Eu chego lá.

O livro Despertar para ser. Eu chego lá, escrito por Gilberto Stanieski Filho, conta a luta do autor pela vida, depois de sofrer um acidente automobilístico no dia 21 de janeiro de 1995, que o deixou tetraplégico e sem o braço esquerdo. Gilberto compartilha seus aprendizados a partir da experiência que não só transformou sua vida mas também o levou a iniciar uma luta pelo cumprimento dos direitos das pessoas com deficiência.

Pai de rodinhas

Escrito por Sérgio Nardini, o livro Pai de rodinhas conta como o autor construiu uma vida independente, repleta de desafios e de realizações, apesar das limitações causadas por uma doença neuromuscular genética progressiva, chamada atrofia muscular espinhal tipo 2, que o deixou tetraplégico gradativamente. 

Nardini, que é voluntário e ativista de causas como acessibilidade e inclusão de pessoas com deficiência, compartilha suas experiências como pai da Lavínia, além de outras vivências no voluntariado, na política, na educação, na família e nas artes.  

Do outro lado do sol

O livro Do outro lado do sol, escrito por Kátia Yuriko, conta a história da autora, que aos 19 anos teve os movimentos de seu corpo comprometidos de forma severa, por conta de  um angioma cerebral. Yuriko conta como foi o processo de reaprender a ler e escrever e de reconstruir a sua própria história. 

Não era você que eu esperava

O livro Não era você que eu esperava é uma graphic novel autobiográfica de Fabien Toulmé, que conta com emoção e sinceridade a história de aceitação, amor, tristeza e rejeição de um casal que enfrenta o nascimento de sua filha com síndrome de down. 

A saga de um campeão

Escrito por um dos maiores nomes do iatismo brasileiro, o livro A saga de um campeão conta a história de Lars Grael, que ficou entre a vida e a morte em 1998. Nesse ano, um acidente levou o iatista a perder sua perna direita, após uma lancha em alta velocidade, conduzida por um homem embriagado, invadir a área de uma regata e atingir o barco do atleta.


Para ficar por dentro de tudo o que acontece no universo da inclusão e da acessibilidade no Brasil e no mundo, siga a página do Guiaderodas no Instagram! 


Carina Melazzi

Carina Melazzi
Jornalista e produtora de conteúdo. Gosta de contar histórias e é apaixonada por viagens, montanhas e mar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

);

Quer receber novidades
de como a acessibilidade
está transformando o mundo?

Seu cadastro foi efetuado com sucesso.

There was an error while trying to send your request. Please try again.

Guiaderodas will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.