Confira três museus acessíveis para visitar no Brasil

Confira três museus acessíveis para visitar no Brasil

Os espaços disponibilizam estruturas físicas adaptadas e diversos recursos para melhorar a experiência de pessoas com deficiência 

Os museus acessíveis são fundamentais para o pleno exercício da cidadania, pois permitem que pessoas com deficiência e mobilidade reduzida explorem as mais variadas manifestações da cultura nacional e internacional. 

Embora prevista em lei, por meio do Estatuto dos Museus, a inclusão nos espaços culturais ainda é um desafio a ser superado no Brasil. No entanto, existem alguns museus que oferecem os recursos necessários para que todos tenham acesso às informações e aos acervos disponíveis.  

Neste artigo, separamos três opções de museus acessíveis em diferentes estados do país, para você visitar e usufruir tanto dos espaços físicos como das exposições e das programações culturais oferecidas. Continue a leitura!

Museu Joaquim José Felizardo – RS

O sobrado, inicialmente construído para ser residência da família do comerciante português Lopo Gonçalves Bastos, virou Museu de Porto Alegre Joaquim Felizardo em 1979. O espaço apresenta vasto acervo tridimensional, com objetos dos séculos XIX e XX, além de acervo de imagens de Porto Alegre, dos séculos XIX e XX, e acervo arqueológico, com 200 mil itens de diferentes grupos que ocuparam o território desde o período pré-colonial. 

Após um longo processo de restauração e modernização, o museu foi reinaugurado em 2007, com adaptações para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida. O espaço oferece visitas mediadas, além de audioguia com leitura de texto e descrição de imagens, catálogo em braile e maquetes táteis.

Endereço: R. João Alfredo, 582 – Cidade Baixa, Porto Alegre – RS, 90050-230
Horário:  segundas-feiras, das 13h30 às 17h30, e de terça-feira a sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h30 às 17h30. 
Telefone: (51) 3289-8275
A entrada é gratuita.

Museu do Amanhã – RJ

O Museu do Amanhã é um importante ponto turístico situado na zona portuária da cidade do Rio de Janeiro. Inaugurado no final de 2015, o espaço possui pisos e maquetes táteis, assim como sinalização e textos de exposições em braile.  

Durante a visita, você tem à disposição aparelho de audioguia, que faz a descrição das  maquetes e exposições disponíveis. Assim, é possível ter mais autonomia no seu passeio,  sem precisar do acompanhamento de um guia do museu.  

O espaço também abriga, até novembro deste ano, o projeto Entre Museus Acessíveis, que visa promover o acesso à cultura de forma inclusiva, por meio de visitas mediadas às sextas-feiras. O foco principal são os visitantes com deficiência visual e auditiva. O Museu da República, localizado no Catete, zona sul do Rio, também faz parte da iniciativa e oferece visitas às quartas-feiras.


As pessoas e instituições interessadas em fazer agendamentos para grupos de 15 a 20 pessoas podem fazer a solicitação pelo e-mail visitas@museudoamanha.org.br. Além das visitas semanais, é oferecido, no último sábado do mês, um trajeto de bicicleta pela orla, com instrutores, educadores e intérpretes de Libras e bicicletas adaptadas. 

Endereço: Praça Mauá, 1 – Centro, Rio de Janeiro – RJ, 20081-240
Horário: de terça-feira a domingo, das 10h às 18h, com a última entrada às 17h.
O ingresso pode ser adquirido on-line e custa R$ 30 (R$ 15 meia-entrada) e R$ 7,50 para pessoas com deficiência, mais um acompanhante. 

Museu do Futebol – SP

Localizado no Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho, o Pacaembu, o Museu do Futebol foi o primeiro museu do estado de São Paulo planejado para ser totalmente acessível.  

O espaço, que tem a missão de preservar a história do futebol como expressão cultural no Brasil e inspirar ideias e experiências a partir do esporte, oferece aos visitantes maquetes táteis, piso podotátil, audioguia e informações em braile.

A entrada é gratuita para pessoas com deficiência e o ingresso custa R$ 20 (R$ 10 meia-entrada). Às terças-feiras, os visitantes não pagam para entrar no museu. 

Endereço: Praça Charles Miller, s/n – Pacaembú, São Paulo – SP, 01234-010
Horário: de terça-feira a domingo, das 9h às 17h (com permanência até 18h), e a cada primeira terça-feira do mês, das 9h às 20h (com permanência até 21h)
Telefone: (11) 3664-3848

Para ficar por dentro de outras iniciativas de acessibilidade no Brasil, siga a página do Guiaderodas no Instagram!


Carina Melazzi

Carina Melazzi
Jornalista e produtora de conteúdo. Gosta de contar histórias e é apaixonada por viagens, montanhas e mar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

);

Quer receber novidades
de como a acessibilidade
está transformando o mundo?

Seu cadastro foi efetuado com sucesso.

There was an error while trying to send your request. Please try again.

Guiaderodas will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.