fbpx
Manutenção da cadeira de rodas: 6 dicas para manter tudo nos eixos

Manutenção da cadeira de rodas: 6 dicas para manter tudo nos eixos

Mobilidade, independência, praticidade…quem usa cadeira de rodas sabe o quão essencial ela pode ser para o dia a dia

Sendo assim garantir sua conservação com a manutenção da cadeira de rodas é super importante para evitar imprevistos que possam representar um verdadeiro risco à segurança! 

Nesse post, confira alguns aspectos fundamentais que devem ser revisados em sua cadeira para garantir uma vida livre de sustos:

1. Pneus e rodas 

Estes são dois dos itens que sofrem mais desgaste, já que passam por constante atrito com o solo e o impacto de eventuais solavancos decorrentes de calombos e buracos nas calçadas da vida – quem nunca se deparou com uma pedra no meio do caminho, não é mesmo?

Aqui, fique atento à pressão dos pneus e das câmaras de ar, sempre respeitando as orientações de calibragem fornecidas pelo fabricante. Quanto menor a pressão, maior o esforço requerido para a locomoção, mas pressão em excesso pode provocar danos e rupturas aos pneus. As rodas, por sua vez, precisam estar alinhadas  e com a folga e o ângulo bem ajustados. Uma forma eficiente de testar e conferir se as rodas giram livremente, sem se mover mais de um lado do que de outro. 

2. Lubrificação das peças móveis e articulações da cadeira

Bom, convenhamos que ninguém gosta de sair rangendo por aí, certo? Por isso, fique sempre atento para a lubrificação das articulações da cadeira.

Entretanto, ao contrário do que muita gente pensa, a lubrificação dos materiais da cadeira de rodas não deve ser feita com qualquer graxa ou lubrificante – ou seja, se você estava pensando em usar aquele spray de WD-40 esquecido no fundo do armário, melhor deixar pra lá – isso porque o uso de produtos inadequados pode trazer efeito contrário, intensificando o desgaste das peças.

Em vez disso, opte sempre por produtos recomendados pelo fabricante para serem usados especificamente no seu modelo de cadeira de rodas.

3. Estabilidade é fundamental

Por se tratar de um objeto de uso contínuo, é bastante comum que os parafusos e porcas fiquem mais soltos em determinadas partes da cadeira, podendo fazer com que ela balance e cause desconforto. Para evitar, verifique-as periodicamente e faça ajustes com as ferramentas adequadas sempre que necessário. 

4. Não esqueça dos acessórios

Por vezes a preocupação com as rodas e a lubrificação é tanta que os acessórios, como o encosto e o acento, acabam sendo negligenciados – logo eles, que são tão importantes para garantir a postura correta e evitar dores musculares! Mantenha ambos sempre higienizados e fique atento a possíveis rasgos, furos e marcas de deterioração. O ideal é que essas partes sejam trocadas no máximo a cada 3 anos. 

5. Regulagem dos freios 

Nem só de carros vivem os freios! Nas cadeiras de rodas, eles são fundamentais para garantir a segurança tanto de seus condutores quanto das pessoas que circulam à sua volta. Assim, é recomendado que sua regulagem seja verificada por um profissional pelo menos a cada seis meses tanto no caso das cadeiras manuais quanto no das motorizadas – estas possuem um sistema de freio eletromagnético acionado sempre que a cadeira para de se movimentar, proporcionando estabilidade a seus usuários. 

Vale ressaltar que os freios só vão funcionar bem se os pneus estiverem devidamente calibrados

6. Fique atento a barulhos diferentes

Se seu carro começasse a fazer barulhos estranhos de uma hora para a outra, você certamente iria verificar o problema o mais rápido possível, certo? Com a cadeira de rodas não deve ser diferente, afinal ela é um acessório indispensável para o dia a dia!

O primeiro passo é identificar a origem do ruído: se vier das rodas, por exemplo, pode indicar algum problema nos rolamentos, que devem ser trocados o mais rápido possível para evitar maiores danos à estrutura da cadeira; caso venha do motor, no caso das cadeiras motorizadas, é chegado o momento de fazer uma revisão para identificar possíveis desgastes. 

Além das dicas de que falamos acima, é importantíssimo fazer, ao menos uma vez ao ano, um check-up completo em uma loja especializada, de forma a garantir o aumento da vida útil da sua cadeira! 

Se você é de São Paulo, a prefeitura oferece esse serviço de forma gratuita, saiba mais.

Às vezes uma boa limpeza faz a cadeira ficar como nova!

Agora queremos saber de você: tem alguma dica de manutenção que não mencionamos aqui? Conta pra gente nos comentários ou mesmo em nossa página do Instagram! Vamos amar ouvir suas experiências!


Renata Schmidt

Renata Schmidt 
Relações Públicas e jornalista. Acredita que todo mundo tem uma história que vale a pena ser contada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

);

Quer receber novidades
de como a acessibilidade
está transformando o mundo?

Seu cadastro foi efetuado com sucesso.

There was an error while trying to send your request. Please try again.

Guiaderodas will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.