fbpx
Você conhece o Projeto Irmãos?

Você conhece o Projeto Irmãos?

Saiba mais sobre essa rede de apoio entre irmãos de pessoas com deficiência

A conversa é um encontro de mentes com diferentes memórias e hábitos. Quando mentes se encontram, elas não apenas trocam fatos: elas os transformam, os remodelam, desenham implicações diferentes para eles, os engajam em novas linhas de raciocínio. A conversa não apenas embaralha as cartas, ela cria cartas novas. 

Theodore Zeldin

A paulistana Débora Goldzveig conhece como poucos a capacidade de transformação proporcionada por uma rede de apoio sólida: há 7 anos, decidiu utilizar seu background em marketing, diversidade e cultura para criar o Projeto Irmãos, que tem como proposta oferecer um ambiente de troca e acolhimento para irmãos e familiares de pessoas com deficiência.

“Acredito que o poder de curativo da conversa é, muitas vezes, subestimado: digo isso pensando nas inúmeras vezes em que o simples fato de poder contar com um ombro amigo capaz de escutar minhas angústias sem nenhum tipo de julgamento tornou alguns fardos incrivelmente mais leves, e em como o mundo poderia melhor se todos pudessem contar com esse tipo de suporte. “

Bora conhecer um pouco mais sobre essa iniciativa incrível?

Como tudo começou

A ideia do projeto surgiu em decorrência de sua própria experiência com seu irmão David, que tem Síndrome de Down. Nas palavras da própria Débora, em uma entrevista concedida à ONG Nosso Olhar:

“Ter um irmão com deficiência é um fato que está acoplado às nossas atitudes e decisões, direta ou indiretamente. Muda a forma como as pessoas te enxergam, muda a sua forma de se reconectar com o mundo. Desde cedo assumi o papel de ‘irmãe’, o que futuramente acabou impactando de certa forma negativamente na minha relação de amizade com o David, pois sempre fui muito exigente com o desenvolvimento dele em todos os sentidos, nunca deixando de acreditar em seu potencial. Um cenário positivo que estreitou muito a nossa relação de confiança, mas desgastou a amizade simples, fluída, leve. Foi quando fundei o Projeto Irmãos, em 2014, no auge dos conflitos familiares. Desde então tenho compartilhado experiências em diversos momentos de vida de cada irmão que impactam diretamente nas conquistas que temos adquirido, no mundo da deficiência, mas principalmente com a amplitude de olhar, mudança de ‘mindset’ para uma sociedade mais equânime, empática e respeitosa.”

A partir daí, começou sua jornada no desenvolvimento de um método capaz de incentivar o compartilhamento das experiências positivas e, quando possível, oferecer a ressignificação de momentos negativos desses relacionamentos, tendo como base uma perspectiva de construção prática e senso analítico.

Como funciona

O projeto se divide em duas frentes principais de atuação: 

1. Entre Irmãos: nela, o foco está em cuidar e ressignificar as ações, sentimentos e vivências dos membros do grupo: vale compartilhar tudo – coisas boas, coisas ruins e até mesmo aqueles momentos que podem parecer um tanto quanto aleatórios e neutros. É desse princípio que surgiu o slogan do Projeto Irmãos “Respeitando as diferenças”. Ressignificando identidades”. 

2. Na Sociedade: nesta frente, os irmãos se articulam como embaixadores da inclusão nos meios familiar, social, empresarial e governamental. Isso se dá através da realização de workshops, palestras, rodas de conversa e lives em redes sociais com diversos temas ligados à promoção de uma sociedade mais inclusiva, tendo como base as competências adquiridas a partir do convívio do irmão com deficiência. Para conferir os eventos que vêm a seguir (todos online, em função da pandemia), basta conferir o site do Projeto Irmãos 

Como posso ajudar? 

Por se tratar de um projeto bastante flexível e escalável, é possível participar de diversas maneiras, sendo a primeira delas pura e simplesmente espalhar essa ideia boa por aí! Que tal divulgar a existência do projeto em suas redes sociais? Eles estão no Instagram, no Facebook, no Youtube e até mesmo no Spotify, através do podcast de mesmo nome! Ao consumir esse conteúdo e divulgá-lo você já contribui (e muito) para a formação de uma sociedade mais justa, inclusiva e igualitária. 

Agora, se você for irmão de uma pessoa com deficiência e queira se juntar ao grupo, ou apenas se identifique com a causa e queira fazer parte dela de alguma forma, é possível entrar em contato com a Débora e os demais irmãos através do e-mail projetoirmaos21@gmail.com.

Sua iniciativa será muito apreciada!


Renata Schmidt

Renata Schmidt 
Relações Públicas e jornalista. Acredita que todo mundo tem uma história que vale a pena ser contada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

);

Quer receber novidades
de como a acessibilidade
está transformando o mundo?

Seu cadastro foi efetuado com sucesso.

There was an error while trying to send your request. Please try again.

Guiaderodas will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.