fbpx
Como se tornar um intérprete de Libras?

Como se tornar um intérprete de Libras?

A função do intérprete de Libras é de ajudar na comunicação entre pessoas Surdas e ouvintes através da Língua Brasileira de Sinais e a língua oral corrente – o português brasileiro.

Há alguns dias, contamos para vocês como funciona o ICOM, tradutor de libras em tempo real que fez o maior sucesso no Twitter, e recebemos algumas mensagens de pessoas interessadas em saber mais sobre a profissão de tradutor e intérprete de Libras. Os questionamentos dos nossos leitores foram tão interessantes que decidimos compilar as principais dúvidas em um artigo com informações sobre essa profissão! Confira: 

O que faz o intérprete de Libras

interprete de libras

A função do intérprete de Libras é de ajudar na comunicação entre pessoas Surdas e ouvintes através da Língua Brasileira de Sinais e a língua oral corrente – o português brasileiro. Esse trabalho pode ser realizado tanto em escolas e universidades, promovendo o acesso da comunidade Surda aos conteúdos curriculares oferecidos por estas instituições, quanto em repartições públicas, órgãos administrativos e policiais, nos quais o papel do intérprete é essencial para promover o atendimento adequado e justo dos Surdos. Existe, ainda, a atuação em empresas privadas, que utilizam intérpretes em reuniões e eventos nos quais existem convidados Surdos, e em emissoras de televisão, que oferecem em sua grade programas com tradução simultânea para Libras. 

Tradutor e intérprete de Libras são a mesma coisa? 

Muito embora seja comum confundir os termos ‘traduzir’ e ‘ interpretar’, na verdade eles não são sinônimos: o tradutor é responsável pela interpretação da língua escrita: assim, um tradutor de Libras é o profissional responsável, por exemplo, por traduzir um livro didático do português para a Língua Brasileira de Sinais. O intérprete, por sua vez, se dedica à modalidade oral-auditiva da língua, ou seja, no caso de uma palestra, congresso ou qualquer tipo de evento, ele transmite em tempo real para Libras o que uma pessoa está falando em português, e vice-versa. A boa notícia é que muitos cursos oferecem formação em ambas as áreas, por isso é bastante comum encontrarmos vagas descritas como “tradutor intérprete de libras”.

Quero trabalhar na área, por onde começar? 

De acordo com a lei 12.319/2010, o  tradutor/intérprete de libras precisa ter ao menos o ensino médio completo e ter a formação em cursos profissionalizantes reconhecidos, além da formação continuada  através das Secretarias de Educação ou instituições de nível superior, que também oferecem cursos de extensão universitária. Vale reforçar que algumas organizações, a exemplo do próprio ICOM, exigem cursos específicos de seus funcionários “Atualmente, na companhia,  contamos com 62 intérpretes com certificação Prolibras ou Letras Libras – que são as aceitas pela Anatel.” explica Cid Torquato, presidente do ICOM. 

Para saber mais sobre a comunidade Surda, o ICOM e o universo da diversidade, fique de olho nos demais artigos do Blog Ideia Boa e no Instagram do Guiaderodas!


Renata Schmidt

Renata Schmidt 
Relações Públicas e jornalista. Acredita que todo mundo tem uma história que vale a pena ser contada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

);

Quer receber novidades
de como a acessibilidade
está transformando o mundo?

Seu cadastro foi efetuado com sucesso.

There was an error while trying to send your request. Please try again.

Guiaderodas will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.