Certificação Guiaderodas é conquistada por Farol Santander

fev 20, 2019

Todos os dias o Farol Santander recebe a visita de idosos, cadeirantes, gestantes e pessoas com deficiência.

O Farol Santander, também conhecido por Edifício Altino Arantes, ou antigo Edifício Banespa é um dos prédios mais emblemáticos da capital paulista, sendo o terceiro arranha-céu mais alto da cidade de São Paulo e o sétimo mais alto do país.
Construído a partir de 1939 para sediar o Banespa e inaugurado em 27 de junho de 1947 pelo então Governador de São Paulo, Ademar de Barros, o edifício tem 35 andares, 161 metros de altura e foi inspirado na arquitetura art decó do Empire State Building.
Em 2000, o prédio foi incorporado ao patrimônio do Grupo Santander, que comprou o Banespa. Em 2014, a construção foi tombada pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico (Condephaat).

Depois de um longo período ocioso, o edifício reabriu suas portas ao público em 25 de janeiro de 2018, no aniversário da cidade de São Paulo, com o nome de Farol Santander e agora, após um ano, conquista um importante reconhecimento: a Certificação Guiaderodas.

Apesar de ser um edifício tombado, de estar localizado no centro de São Paulo e de ter em suas imediações calçadas de pedras portuguesas por vezes degradadas, o Farol passou por adaptações arquitetônicas para aprimorar a acessibilidade e se dedicou a formação de pessoas para eliminar as barreiras atitudinais e propiciar um ambiente inclusivo.  

Todos os dias o Farol recebe a visita de idosos, cadeirantes, gestantes e pessoas com deficiência.

“O processo de Certificação do Guiaderodas nos auxiliou neste trabalho e essa conquista é motivo de muito orgulho, porque nos permite oferecer uma experiência inesquecível  para todas as pessoas que tem qualquer tipo de restrição de mobilidade e o público diverso. Somos o primeiro Centro Cultural do Brasil a receber essa certificação.” diz Edmar Cioletti, Superintendente de Facilities e Engenharia do Banco Santander.

O Guiaderodas já recebeu importantes premiações da ONU e do MIT Technology Review. A Certificação Guiaderodas é um programa reconhece as melhores práticas de acessibilidade e alia tecnologia  ao conhecimento de arquitetos especialistas em acessibilidade e à vivência de pessoas com deficiência.

Segundo Bruno Mahfuz, cadeirante e fundador do Guiaderodas, o objetivo da iniciativa é propiciar uma vida mais autônoma para todos através do mote: Uma ideia quando é boa, é boa para todos. “Enxergamos a acessibilidade não apenas como um cumprimento de normas, mas como um exercício contínuo. Olhar para essa questão de maneira permanente traz um diferencial estratégico do bem para as empresas e todos são beneficiados.”

Comentários:

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *